segunda-feira, 10 de março de 2008

A vida é MUITO Injusta


Desbrimos a semana passada que o meu avo tem Cancro no Estomago e um Tumor nos Rins...
Nao encontro palavras para descrever este sofrimento.
Ele que sempre foi alegre, lutador, nunca se queixou de nada, esta agora como um trapo.
Porque ele? Porque?
Se nesta vida o que nao falta sao pessoas maldosas, que so pensam em fazer mal aos outros, porque é que sao aquelas pessoas bondosas que Deus escolhe para carregar com esta cruz???
Deus??? Já nem sei se acredito em nada disso...Perdi a minha fé...
Só sei que a vida é injusta e que o meu avó nao merecia nada disto.
Estou desanimada com a vida...muito mesmo.
E depois, há algo fantastico neste país, que é o nosso sistema de Saude. Foi reencaminhado de urgencia para o IPO quando lhe dizeram calmamente que teria que esperar 5 meses para a operaçao. 5 meses??? Mas 5 meses para uma pessoa com cancro é algo Impossivel??? Será que eles nao entendem isso?
Ainda para mais quando afirmam que o caso dele é daqueles que evolui muito rapidamente =/
Isto é tudo uma m****!!!!

26 comentários:

Bordados & Cia disse...

BOM DIA!!!
Passei pra desejar que vc tenha
uma semana abençoada...
Sinto muito pelo seu avô, mas não
diga isso por favor,
não perca a fé.

Bjinhos
Silvana

Cátia disse...

A vida muitas vezes nos dá estas provas de fé, compete-nos a nós superá-las. Deus existe e haverá uma razão para ele ter feito isto, ainda que não nos pareça justa nem directa... um dia perceberás.
E quanto ao teu avô, agora é a altura perfeita para estar com ele em vez de estares triste. Transmite-lhe pensamentos positivos, deixa-o ver-te sempre feliz, mesmo que por dentro chores. Ele precisa do teu apoio. E nós estamos cá para te apoiar.
Força!

Habiba disse...

Tem calma minha querida... a vida por vezes é muito injusta mas se tivermos fé, se acreditarmos tudo ira correr bem!
Eu sei que é facil falar e que custa muito quando somos nos que estamos nas situações mas força, vais ver que tudo vai ficar bem.
beijinhos

ShinningMoon disse...

Olá!
Compreendo o teu sentimento e toda essa revolta.
O facto de não podermos fazer nada pelas pessoas que amamos, deixa-nos totalmente de rastos.
Da doença, só sei o que revelas. Não sei se está muito evoluída, ou não.
Só posso dizer-te que deves aproveitar e guardar todos os momentos que passares junto do teu avô daqui para a frente. E tens de arranjar forças (sabe-se lá onde!), porque há outras pessoas que necessitarão de ti (os teus pais, a tua avó...).
Um beijo cheio de coragem.

Liliana disse...

Ola, tem calma(eu sei que falar é fácil), mas tenta pensar positivo. Tenta ir ao Hospital de S. Joao, pode ser que eles lá consigam operar o teu avô mais cedo.
Tem calma, pensa que neste momento tens de dar apoio ao teu avô e à tua avó e qe vais prcisar de toda a força e fé deste Mundo, por muito que penses que não.

Bjs
se precisares de alguma coisa estou disponível para ti,...

dora disse...

Olá!

Compreendo toda essa tristeza e revolta. É muito duro o que a vida faz as pessoas que amamamos tanto.
Passei recentemente por uma situaçao muito dolorosa, o blog, os trabalhos e as amigas virtuais teem-me ajudado a ultrapassar isto. Desejo-vos muita coragem e que tudo corra pelo melhor.

Beijocas
Dora

Maria P. disse...

Em momentos destes, não existem palavras suficientes para reconfortar as pessoas. Infelizmente a vida é assim, aquilo que pensamos que só acontece aos outras, por vezes tb no cai em nossa casa. Só resta dizer-te que tenhas mt força e muito ânimo, porque o teu avô vai precisar.
Bjinho mt grande e muita força para ultrapassar tudo.

Moquinhas disse...

Hoo querida...estou sem palavras...a vida consegue ser muito injusta...sei que não te vai servir de consolo,mas o avô com quem eu morrei até aos 19 anos matou-se em casa connosco em casa,enforcou-se na cama porque já não aguentava o sofrimento da doença que tinha e eu vi os paramedicos a tentarem salva-lo e fiquei para sempre com o barulho das descargas electricas que eles lhe davam na cama,e o corpo dele a saltar ...não te sei explicar o sofrimento pois era o meu avô mais querido e o que mais eu amava(desculpa mas já estou a chorar)...
Mas o teu avô está vivo e vai continuar assim,não o deixes desistir,nunca !!
Ele vai conseguir vencer miga,acredita com todas as tuas forças...quanto a Deus...eu também deixei de acreditar a muito tempo...principalmente quando vi o meu avô morto...passei a acreditar foi na nossa força interior,é isso que tens que passar ao teu avô,ele vai conseguir miga,vai...por favor acredita e da-lhe força!!
Desculpa o testamento mas sei o que sentes e conheço essa dor muito bem!!
SEprecisares de falar sabes qual é o meu mail moquinhas40@yahoo.com.br
Força querida!!!

Aris disse...

Não desanima.Eu fui diagnosticada com câncer aos 29 anos e também me perguntei "por que eu?" A resposta que eu achei foi: "porque isso pode acontecer com qualquer um." Foi então que minha fé em Deus cresceu mais ainda e foi ela que deu forças para continuar durante o período difícil de exames,cirurgia e tratamento.Isso foi há mais de 5 anos e agora eu encaro a vida com alegria e força dobrada.

Bordados & Cia disse...

"Todos os dias Deus nos dá um momento em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes. O instante mágico é o momento que um SIM ou um NÃO pode mudar toda a nossa existência."
(Paulo Coelho)

Mil beijos...
Silvana

Anónimo disse...

estarei em oração por seu avô e por vc.um abraço

Bruna Marques disse...

Minha Querida,
A muito não tinha tempo de visitar os bloguinhos mais queridos, e hj desde cedo estou a fazer, e agora acabei de entrar no seu e me deparei com esta amarga noticia, minha querida imagino sua dor e seu sofrimento, e sei q nada do q eu venha a escrever vai cicatrizar esta ferida, mas venho te pedir q não desanimes nunca e que não se rebele contra td e contra todos, nos momentos de angustia temos que ser fortes e buscar lá no fundo de nossa alma forças para continuar a caminhar, não perca a esperança, ai invés de duvidar de Deus e entrar em guerra com ele, peça a ele ajuda e tenha fé pois ele irá te ajudar, Deus sabe de todas as coisas, não cai uma folha da arvore sem que ele permita, peço de todo o meu coração que seja firme e que não desanimes pois toda tua familia precisa de vc firme e forte, seja uma muralha mesmo que esteja como uma parede de um barraco.
Amiga sempre que precisares desabafar conte comigo e saiba que estarei sempre aqui a disposição para lhe dar meu ombro amigo.
fique firme e em paz, estarei pedindo ao nosso pai Oxalá para que guarde e proteja vc e sua familia e que dê saúde e forças para o seu vovô.
Bjokinhas cheia de fé e amor.

O mundo da fantasia disse...

Oi Afilhada!!!!
Realmente não existem palavras, mas se acreditares que pode ser uma longa caminhada até ao fim do túnel tudo será vencido, nunca perder a fé!!! não falo da boca para fora, pois tive uma prima com 24 anos que faleceu com câncer, e agora o que digo é que o mal foi dela que se foi desta vida, nós(família)vamos vivendo um dia de cada vez, aprendemos todos a dar mais valor a cada minuto e não deixar de fazer nada que nos apeteça....Vive cada momento pensando que é único!!! Quanto a Deus sabemos que existem momentos em que a fé se vai mas depois torna-se a ganha-la!!! vai ao meu blog e lê a postagem do dia 7 de Outubro de 2007!!! Lê, rele e depois diz-me alguma coisa.....

Bjs do tamanho do mundo
Mara Santos***

Vanessa Guerra disse...

oh linda.. vim fazer-te uma visitinha e acabo por ver uma coisa destas.. tens de ter coragem e força.. achar sempre que vai correr tudo bem.. animo amiga.. qualquer coisa diz... beijinhos.. vou adicionar-te aos meus amiguinhos do blog

Vanessa Guerra disse...

passei só para te mandar uma beijoca de animo... beijinhos

Nocas disse...

Miguinha...

Nestes momentos ñ há palavras de consolo que cheguem para tanta dor ... Partilho da tua dor e sem bem o que tás a sentir ... Só me resta deixar um beijinho embora eu saiba que ñ chega para atenuar a dor...

Alexandra
(xandranocas.blogspot.com)

Moquinhas disse...

Olá Nitinha passei só para te desejar uma Pascoa muito feliz e aquela força do tamanho do mundo!!
Beijoquinhas grandes!!

Emília disse...

Passa no meu Blog tou a oferecer uma prendinha, participa.

Feliz Páscoa!!

Beijinhos
Emília

Vanessa Guerra disse...

Queres uma madrinha? Ou mesmo uma Afilhada? É tempo de madrinhas e afilhadas… Assim pensei em unir afilhadas e madrinhas... Por isso passa no meu blog e concorre.. e se souberes de alguém que não tenha e queira avisa-a.. beijinhos

bordados da néa disse...

olha querida...essas coisas são realmente tristes,mas temos que ter fé em Deus para suportar o mais dificil dos diagnósticos,pois a vida é feita de desafios e temoss que sermos corajosos e enfrentá-los.

-Você acabou de ser abraçado(a).
-Isso é apenas um começo de uma guerra do abraço.
-Abrace todo mundo que VC conhece.
-Abrace seus amigos, seus inimigos, todo mundo.
-O Abraço é meu favorito sinal de afeição.
-Isso pode fazer o dia de alguém brilhar.
-Todos precisam de um abraço.
-Então mande para todos seus amigos.
-Inclusive para mim, VIU?

Beijos, , e abraços!
muita força e uma bos páscoa,con fia no Senhor Jesus,que ele tdo fará.bjs

Joana Peixinho disse...

Oi anita... eu sei bem que nestes momentos n existem palavras que nos consigam consolar... mas tem esperança e força!

Beijoca!

Coragem!

michele disse...

minha cara nesse momento nao de vemos nus entregar mas sim agarrar anossa fe.nunca substime os designos de Deus pois somos apenas filho que devem a obediencia ao pai.sinto muito pelo que passas com teu avô, mas com certeza dias melhores virao.Um forte abraco!!!!

michele disse...

minha cara nesse momento nao de vemos nus entregar mas sim agarrar anossa fe.nunca substime os designos de Deus pois somos apenas filho que devem a obediencia ao pai.sinto muito pelo que passas com teu avô, mas com certeza dias melhores virao.Um forte abraco!!!!

Cantinho do ponto de cruz disse...

Ola
Sinto o mm que tu!
Em dois anos vi morrer dois tios meus com cancro na garganta. Foi horrivel. O ultimo tio era como um pai p mim... Foi o pior dia da minha vida! Nunca vi tanto sofimento, deram lhe meio ano de vida e assim foi, mas ele nunca perdeu a fé, nem eu. Smp acreditei ate ao fim que se curasse, nem podia ouvir ninguem dizer que ele n ia aguentar.. Sabes, o meu maior desgosto foi nao ter aproveitado mais o resto do tempo com ele, passar mais tempo com ele... Mas o que mais me chocou fi nao estar com ele na hora da partida e saber que morreu sozinho naquele hospital, fez agora um ano este mes e ainda nao me recompos... O cancro é uma doença muito má, muito triste que devasta familias... Uma doença silenciosa...
Força amiga....
Beijinhos
Catarina

Renata Monteiro disse...

Oi Linda.

Faz um tempinho que não venho por aqui, e hoje resolvi matar as saudades.
Vi a notícia sobre seu avô.
Desejo muito que ele fique bem e que se restabeleça logo.
Vou coloca-lo em minhas orações.
Não se revolte contra Deus, minha querida.Acredito mesmo que ele seja amor e bondade.Sempre ouvi dizer que nada é por acaso e que sempre aprendemos com os desafios;
Sei que estou beeeeeeeeeeeeem longe, com um oceano imenso nos separando, mas, precisando é só gritar...
Um grande beijo.
Renata Monteiro

Susana Borges disse...

Passei agora por aki e vi esta notícia. Acho que n á mt para te dizer. Sei o que é ixo. Já morreram tb um avô e um tio com cancro e tenho uma tia que esta a ser uma lutadora d cancro da mama. :)
A doença nem sempre vence linda. Mas é como dizes este sistema d saude n vale nd. Onde já se viu demorar tanto tempo para operar um caso de cancro? bem, só me resta desejar-t mta força e coragem. Nc percas a fé. Deus não deseja mal a ninguém. Acredita!
Bjinhux *